Audiências na internet: Imprecisão x Objeto de análise

No início, apoiando-se na natureza da comunicação através dos computadores, os especialistas de medição de audiências acreditavam estar diante de um meio que fosse converter seu trabalho em uma ciência quase exata. Levando em consideração que a comunicação online sempre deixa rastro, e esse rastro é facilmente registrado, armazenado e recuperável, se podia pensar que a medição de audiências na internet superaria as deficiências e limitações da audimetria dos meios tradicionais.

Mas, o que podemos comprovar até hoje é que estão aplicando praticamente os mesmos métodos e técnicas já utilizadas para quantificar os meios tradicionais. Nos deparamos a basicamente com três metodologias: site-centric, ad-centric e user-centric, baseados nos servidores, na publicidade e nos usuários, respectivamente.

· Site-Centric – Através da análise dos logfiles dos servidores, que medem automaticamente as páginas que são carregadas. É considerado seguro pelos procedimentos de amostragem, ou seja, o sistema analisa o total das solicitações de página por parte dos usuários. Esse sistema de introdução de marcadores não é visível para os internautas.

É o método utilizado por OJD, empresa espanhola que se encarrega do controle de tirada e difusão de vários tipos de meios de comunicação na Espanha. Para fornecer dados mais precisos e intensificar a investigação na medição de audiências na internet criou a OJDinteractive, que contabilizou em setembro do ano passado, 24 milhões de usuários únicos na Espanha.

· Ad-Centric – Se centram essencialmente em medir a audiência nos banners publicitários, mas não são muito difundidos no mercado porque a medição de parte nunca pode chegar a ser utilizada como moeda de troca.

·User-Centric

Questionários – Utiliza uma amostra da população para medir temas como a penetração e o uso da internet, através de procedimentos de interrogação, que recentemente podem ser realizados online. AIMC é a empresa que realiza o Estudo Geral dos Meios na Espanha,  utiliza essa metodologia tradicional para medir a audiencia na internet, e afirma que em março de 2009 tinhamos 19,7 milhoes de usuários únicos na Espanha.

Painéis eletrônicos – São estudos em grande escala que selecionam uma amostra de usuários de internet, instalam um software de medição para gravar eletronicamente e passivamente o uso do computador e da internet. Transmitem automaticamente os dados ao centro de pesquisa da empresa responsável por contabilizar. Métodos usados pelas gigantes Nielsen e comScore que afirmam que na Espanha temos 24,70 e 19,84 milhões respectivamente.

Como podemos ver, existe uma discrepância nos resultados quantificados pelas maiores empresas do setor. Tal fato pode ser justificado se partirmos do princípio que as metodologias de medida existentes hoje não estão dirigidas ao mesmo objetivo, e portanto não são substitutivas, ao contrário podemos perceber que a internet é um meio que oferece tantas possibilidades, que talvez nao seja possível encontrar um formato de medida standard, e sempre será necessário aplicar um conjuntos de técnicas para apresentar resultados mais precisos da audiencia nesse meio.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s