Novos 4 P’s para estratégias digitais


O composto ou mix de marketing é formado pelas “decisões concretas do marketing que guiará a atuação da empresa no mercado.” INIESTA, L. & INIESTA, I. (2010, 111). Aplicando a perspectiva digital percebemos que os 4 P’s, amplamente difundidos por Kotler, já não são suficientes para impactar os novos consumidores (Prosumers). Pensando nisso, o Manuel Alonso Coto categorizou novos 4P’s que são imprescindíveis em qualquer estratégia digital, são eles:

  1. Personalização > Criar produtos/serviços que realmente satisfaçam as necessidades do consumidor. Chaves: Escutar os consumidores, fornecer possibilidades de escolha e dar relevância a sua participação.
  2. Participação > Envolver os clientes no marketing mix, convidando os usuários para fazer parte das ações realizadas e estimulando que eles compartilhem suas experiências com outros consumidores (advogados da marca). Chaves: Desenvolver ambientes adequados, criar comunidades e premiar a participação.
  3. Pessoa a pessoa > Potencializar a recomendação entre amigos. Chaves: Socializar as mensagens do marketing, gerar confiança e facilitar o compartilhamento de informação.
  4. Predições modeladas > Monitorar e analisar o comportamento dos consumidores online para oferecer informações relevantes, e, ao mesmo tempo, acompanhar os insigths fornecidos por eles. Chaves: Ser capaz de aprender, aceitar as preferências do consumidor e respeitar sua privacidade (opt-in).

No entanto, esse mesmo autor elaborou estratégias pares baseando-se nas principais características dos prosumers unidas ao novo mix de marketing descrito acima.

Personalização – Experiência

Participação – Marketing de permissão / opt-in

Pessoa a pessoa – Multiderecionalidade

Predições modeladas – Contextualidade

Esse modelo viabiliza a efetividade nos recursos alocados para traçar estratégias mais assertivas em plataformas digitais, e, inclusive, na principal ponta do iceberg exposta atualmente, as mídias sociais. É importante ressaltar que os 4P’s tradicionais – Praça, preço, promoção, produto – não se tornam obsoletos no universo digital, ao contrário do que muitos pensam, eles continuam sendo válidos e foram reforçados com novas decisões que otimizam ações em novas plataformas.

Anúncios

One Comment

  1. Olá, Danila. Muito bom conteúdo exposto. Apenas umas observações que refleti sobre o texto. Vi que a categorização proposta pelo Manuel Alonso Coto logicamente possui o foco no momento atual, em que a Internet propicia mudanças constantes no comportamento dos usuários, e então esses transmitem às empresas a necessidade de regar outros valores que não meramente lucro financeiro ou relacionamento assistencialista. Lembro que ideia igual teve McCarthy quando, ainda na década de 60, valeu-se dos estudos anteriores de Borden acerca de um composto de marketing que poderia guiar as ações, também dentro daquele contexto, de era pós-guerra, em que a produção ascendia vertiginosamente e o escoamento em massa dessa produção (foco no produto) se fazia imprescindível. Por isso os 4P`s na época vieram tanto a calhar. O mais interessante que percebi, contudo, além da contextualização temporal de ambas as visões estratégicas, é o fato de que sempre poderemos olhar outros ambientes e criar novas categorizações para estratégias digitais. Vejamos, como exemplo, a possibilidade de não nos valermos da característica de relacionamento do momento atual para traçar a estratégia de marketing. Por mais que tal característica seja dominante no comportamento os usuários de Internet, ações focadas em relacionamento e engajamento podem não ter o sucesso esperado para determinados segmentos de público, que mantém e valorizam uma postura meramente observadora e analítica, mas não envolvente com as campanhas. Para tal segmento de público, já seria possível traçar outras categorizações para uma estratégia digital. Algo que envolvesse ações menos convidativas e mais expositivas, com o peso maior em análises de comportamento e mensuração de indicadores para novas tomadas de decisão. Enfim, como falei, são apenas observações que tive também sobre o texto. Bom trabalho com o Blog, é de grande relevância. Até mais.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s