Socorro Linkedin, me ajude a ter uma carreira de sucesso

“A capacidade pouco vale sem oportunidade.” Napoleão Bonaparte

Que o Brasil está em crise todo mundo está cansado de saber, agora como podemos nos sobressair e conquistar o nosso lugar ao sol na janela é que é a dúvida eterna. Pensando nisso, resolvi escrever esse post com dicas sobre como se destacar como profissional em um dos piores cenários que o país já enfrentou: crise política que trava os investimentos em diversas áreas e vagas de trabalho escassas (quando surge alguma coisa é muita oferta de profissionais para uma baixa demanda, o que acabou aumentando o poder de barganha das empresas impactando em uma redução de salário em muitos cargos). Em época de vacas magras só a qualificação já não é suficiente, é preciso ter um posicionamento diferenciado para aproveitar melhor as oportunidades.

Quando queremos construir uma carreira temos que primeiro traçar os nossos objetivos profissionais, aqui é importante definir metas a curto, médio e longo prazo. É claro que o planejamento será um guia e as circunstâncias mudam, mas sem direcionar esforços no alvo certo, é impossível ter sucesso. Lembre que William Shakespeare sabiamente disse que “todos os caminhos estão errados quando você não sabe aonde quer chegar.”

Para construir um bom posicionamento no mercado, o Linkedin é uma rede social eficaz que pode nos ajudar a COMUNICAR diversas competências comportamentais que são requisitadas nas melhores empresas: automotivação, comunicação efetiva, busca por conhecimento e relacionamento interpessoal.

Sei que o Linkedin não é lá nenhum exemplo de usabilidade, me perco muitas vezes na navegação, mas ela tem recursos fantásticos que vão muito além da sessão dedicada as vagas, que é bem trivial por usar um formato muito parecido com um site desses qualquer que anuncia vagas de empregos. A rede trás possibilidades incríveis para fazer um network ativo, te ajudar em uma análise comportamental e no seu marketing pessoal. Listei os que mais me encantam:

  • Seguir as empresas que são referências na sua área de atuação: acompanhar o que elas estão fazendo de bom, novos clientes, ações de divulgação e até mesmo as vagas disponíveis.
  • Entender o perfil dos profissionais: por meio de uma análise dos perfis (currículo + publicações + network) que estão em uma empresa que você quer trabalhar, você consegue aferir características que são decisivas na contratação, e se preparar para quando chegar o momento de concorrer a tão sonhada vaga.
  • Acompanhar os principais profissionais da sua área de atuação: é muito importante você saber o que esses profissionais valorizam porque normalmente eles têm grande poder de influencia nas decisões de contratação. Sendo assim, é importante você entender as conexões (grupos e atividades) para ter indícios do círculo de profissionais que ele faz parte e os temas que são relevantes para ele.
  • Participar de discussões em grupos: os grupos são fundamentais para participar de debates, demonstrando seu nível de conhecimento e poder de argumentação. Normalmente as pessoas que se reúnem em um grupo, compartilham do mesmo interesse e conseguem avaliar se os seus argumentos tem fundamentos ou não. O profissional com bom conhecimento técnico sempre se destacará no grupo.
  • Participar do pulse (publicar, comentar, compartilhar): o pulse é ótimo na gestão de conhecimento, normalmente os artigos são escrito por profissionais que dominam um assunto e enriquecem com atividades relevantes. Além disso, ao publicar e ou comentar publicações do seu interesse, você tem a oportunidade de se posicionar sobre temas da sua área apresentando a sua visão e compartilhando as suas experiências. Uma ótima fórmula para conquistar a empatia e demonstrar o seu conhecimento.

Outras redes sociais também permitem que você use algumas dessas estratégias para se posicionar profissionalmente, mas sem dúvida o Linkedin por se uma rede focada nisso, é o local mais adequado para ampliar suas possibilidades.

Anúncios

Gestão da Comunicação nas Mídias Sociais

Essa foi a palestra ministrada por mim no 1º Encontro de Comunicação Digital da Paraíba. O evento contou com a presença de quase 500 participantes, entre eles estavam estudantes e profissionais que atuam nos mais diversos setores. Com o objetivo de lançar a pós-graduaçao em gestão estratégica da comunicação digital na qual faço parte do corpo docente, a Solaris Cursos organizou magistralmente o evento e, possibilitou a todos os participantes, uma experiência única que serviu de ponta pé inicial para fomentar a inteligência do mercado nordestino.

 

Confira abaixo a apresentação:

 

A Campus Party é um grande brainstorm a céu aberto

Ontem foi o último dia da Campus Party Brasil, maior evento de tecnologia da América Latina – até que provem o contrário. Tive o prazer de estar presente e posso afirmar que é uma experiência única. Não pelo evento em si, mas pelos sentimentos que ele desperta.

Vários palcos temáticos reunidos em uma única arena, onde os grupos que possuem interesses específicos encontram a oportunidade de beber em outras fontes em busca da inovação que o mercado demanda. Os indivíduos, enquanto “pessoas humanas” são provocados, pelo turbilhão de ideias que emergem nesse momento, a sair da situação atual e se mover até onde gostaria de estar de verdade. Vou me explicar melhor, você sai  da Campus Party com aquela sensação de insatisfação motivadora de grandes transformações.

É um grande brainstorm a céu aberto – existe cobertura, mas assim o texto fica mais poético. Entre um blackout e outro surgia a vibe do oOoOooO. Geradores eram ativados enquanto nerds x meio nerds x geeks x meio geeks expressavam que estavam ali para incitar mudanças. Sejam elas apenas de comportamento imediato ou de sentimento de pertinência a um grupo hiperconectado, onde o normal é ser diferente.

No palco de mídias sociais os debates foram enriquecedores, cumprindo seu papel de instigar a sensação de que o conhecimento é abrangente e opiniões divergentes são necessárias para a construção de um ponto de vista arrebatador.

Por fim, entre a confusão interna das materializações de avatares, ficou a certeza que ano que vem a organização da #cpbr5 terá que se esforçar muito para superar as boas vibrações deixadas esse ano.

E você o que achou da #cpbr4?

I Encontro de Comunicação Digital da Paraíba

No dia 24 de fevereiro participarei do I Encontro de Comunicação Digital da Paraíba que acontecerá no hotel Tambaú em João Pessoa. O tema da minha palestra será “Gestão da comunicação nas mídias sociais”, onde irei abordar o processo de gestão estratégica da comunicação organizacional no novo entorno digital. Estarão presentes também profissionais que são referencias no mercado: Cláudio Torres, autor do livro a Bíblia do Marketing Digital; e Ricardo Oliveira que mantém o projeto Diversitá.

A Solaris Cursos é a organizadora do evento que será utilizado para lançar oficialmente a pós-graduação Gestão estratégica da comunicação digital.

As inscrições serão realizadas no site www.solariscursos.com.br. Para maiores informações sobre o evento ligue no (83) 3225-1717. Participem!!!

 

Gestão das Mídias Sociais: Ciclo de trabalho

Como gerir as mídias sociais para manter uma comunicação efetiva?

 

Está é uma grande dúvida que paira sobre as mentes pensantes interessadas em se posicionar no universo online. Em uma busca rápida pela internet, é possível ter acesso a algumas fórmulas ou conselhos que potencializam a presença digital. No entanto, antes de decidir como irá utilizar os sites de redes sociais é imprescindível identificar os objetivos do seu negócio, e, a partir disso, estabelecer o propósito da utilização desses recursos para potencializar o alcance dos objetivos gerais. Nesse sentido, entende-se que a manutenção dos perfis nas mídias sociais deve estar em consonância com o objetivo maior que a organização pretende alcançar.

 

Com intuito de traçar alguns direcionamentos de atuação, elaborei uma proposta para guiar o ciclo fundamental de trabalho nas mídias sociais. Este ciclo é composto de 6 etapas, todas consideradas essenciais para a obtenção de um resultado positivo.

Para um maior entendimento de cada etapa, descrevo abaixo os principais objetivos de cada uma delas:

 

1 – Verificar a reputação online da marca

  • Identificar se a imagem comunicada está em consonância com imagem percebida pelos usuários
  • Observar sua prática enquanto marca
  • Compreender como é possível estreitar os laços com os consumidores

 

2 – Identificar o público-alvo

  • Necessidades – Quais são as necessidades de informação e engajamento das pessoas que você quer impactar?
  • Os canais preferidos – Onde é que os usuários navegam e quais são as influências mais fortes?
  • Tipos de Mídia – Identificar se há um tipo de mídia preferido. Pode ser muito mais eficaz para estimular o engajamento e compartilhamento de conteúdo. O vídeo é popular, mas nem sempre apropriado, existe uma infinidade de formatos.
  • Comportamentos Sociais – Os clientes criam, compartilham ou apenas observam? Será que eles se comportam de forma diferente em cada mídia social?
  • Métodos de preferências de comunicação são muito importantes. Um tweet pode ser bem aceito com algumas pessoas, enquanto outros preferem uma mensagem privada ou e-mail.

 

3 – Analisar os concorrentes

  • Verificar posicionamento online dos concorrentes
  • Produção de conteúdo realizada por eles
  • Tipos de interações
  • Público que eles atingem

 

4 – Estabelecer os objetivos de comunicação

O professor Mitsuru Yanaze estabelece um modelo de categorização dos 14 possíveis objetivos de comunicação que uma organização pode ter, eles influenciarão a definição de estratégias e canais utilizados, são eles:

  • Despertar consciência
  • Garantir identificação
  • Levar à decisão
  • Chamar atenção
  • Criar desejo
  • Efetivar a ação
  • Obter fidelidade
  • Suscitar interesse
  • Suscitar expectativa
  • Manter a satisfação após-ação
  • Gerar disseminação
  • Proporcionar conhecimento
  • Conseguir a preferência
  • Estabelecer Interação

 

5 – Selecionar mídias sociais

As possibilidades são infinitas, por isso é necessário buscar as mídias sociais que mais se adéquam aos objetivos de comunicação, assim como ao público que pretende atingir.

 

6 – Produção de conteúdo relevante

  • Adequação da produção de conteúdo
  • Mapear conteúdos relevantes para o público
  • Ampliar alcance das mensagens, participação contínua em outros ambientes digitais
  • Integrar comunicação digital

 

Seguir esse ciclo é fundamental para obter resultados satisfatórios com a manuntenção de presença online. Vale ressaltar que esse ciclo precisa ser retroalimentado constantemente, obedecendo à dinâmica do mercado que está em constante transformação. Por outro lado, é necessário realizar um monitoramento constante para identificar novas demandas, o qual também ajudará na avaliação dos resultados obtidos nas mídias sociais.

 

Esse conteúdo faz parte da aula sobre estratégia de comunicação em mídias sociais, ministrada no curso Gestão Avançada das Mídias Sociais. A aula completa pode ser acessada no slide abaixo:

Curso Gestão Avançada em Mídias Sociais

A PaperCliQ acaba de fechar uma grande parceria para oferecer mais conteúdo e trocas de experiência com o mercado. Junto à Trespontos – Rede de Socialização de Conhecimento já presente em Salvador, Feira de Santana, Belo Horizonte, Recife e Aracaju, a PaperCliQ passará também a oferecer cursos de comunicação digital para o público em geral.

O primeiro fruto dessa parceria será o curso Gestão Avançada em Mídias Sociais, em Salvador.Voltado a estudantes e profissionais de comunicação, o curso de 16 horas trará conteúdo expositivo e muitos cases, exemplos e exercícios práticos de “Estratégias de Comunicação” e “Mensuração, Métricas e Resultados”.

Os facilitadores serão: Renata Cerqueira (Dir. de Monitoramento e Análise), Tarcízio Silva (Diretor de Pesquisa e Desenvolvimento), Marcel Ayres (Diretor de Planejamento) e eu, Danila Dourado, Gerente de Monitoramento e Análise.

Vejam a ementa básica:

Parte 1: Estratégia de Comunicação em Mídias Sociais
– Web 2.0: definição e cenário;
– Comportamento do consumidor digital;
– Ambiente Online;
– Panorama das Mídias Sociais: definição e cenário.
– Mapeamento e categorização;
– Usos e potencialidades;
– Apresentação dos(as) conceitos, dados, características, recursos, possibilidades de interação, dinâmica de atualização, formas de apresentação do conteúdo, e recomendações vinculados(as) às mídias sociais:

– Em destaque no Brasil (Ex.Twittter, Facebook, Orkut, YouTube, Flickr, Blog etc.)
– De nicho (Ex. Ning, Linkedin, Skoob, Last.Fm etc.);-
– Em ascensão no Brasil ou com usos distintos (Ex. Tumblr, Foursquare, Formspring, Me Adiciona etc.).

– Mercado da Comunicação Digital e Mídias Sociais;
– Apresentação do ciclo fundamental de trabalho: da criação dos perfis ao acompanhamento e avaliação dos resultados;
– Produzindo um planejamento de comunicação em mídias sociais;
– Ferramentas especializadas;
– Ética, Etiqueta e outros direcionamentos.

Parte 2: Mensuração, Métricas e Resultados
– Panorama: definição, cenário e dados;
– Papel da Mensuração para a comunicação organizacional;
– Características das Mídias Sociais: principais mídias, mídias sociais de nicho, mídias sociais em ascensão
– Possibilidades e Métricas para Mensuração;
– Alcance, Adequação, Influência e Engajamento;
– Apresentação dos softwares de Mensuração (gratuitos e pagos);
– Metodologias de trabalho;
– Modelos possíveis de relatórios de Mensuração;
– Apresentação visual da informação;
– Potencialidades e limites.
– O papel da mensuração online na gestão das mídias sociais;
– Ferramentas: arquivamento das informações; Analytics; softwares de monitoramento e análise; mecanismos de busca geral e segmentada; classificação de perfis/usuários; avaliação de presença, alcance e resposta.
– Planejando a Mensuração;
– Exercícios.

 

Para ver alguns exemplos de aulas e palestras realizadas pela PaperCliQ, acesse o slideshare: www.slideshare.net/papercliq/tag/aulas.

Aproveite as condições de lançamento e inscreva-se em: www.trespontosparavoce.com .

Inteligência coletiva e o ebook #MídiasSociais

 

Com o intuito de abrir espaço para discussão e ampliar nossa inteligência coletiva, nós da PaperCliQ estamos organizando alguns encontros online sobre o Ebook #MídiasSociais: Perspectivas, tendências e reflexões. Esse espaço está sendo viabilizado graças ao apoio da nossa amiga Marcia Ceschini, idealizadora e organizadora do #paposnarede.

Vale lembrar que os encontros ocorrerão todas as terças de novembro e da primeira quinzena de dezembro, sempre às 21h. O link de acesso é www.tinychat.com/midiassociais.

Deixo aqui o cronograma para que vocês possam acompanhar. O calendário poderá sofrer alterações devido aos imprevistos do cotidiano.

 

CRONOGRAMA #PAPOSNAREDE EBOOK #MÍDIASSOCIAIS

Redes sociais verticais + Monitoramento Político >>  Terça 09/11/2010

Construindo uma rede social especializada.
Antonio Novaes

Criação e manutenção de perfis políticos online: uma experiência prática.
Nina Santos

 

 

Inteligência Coletiva > Terça – 21/12

Coolhunting: utilizando as mídias sociais para identificar tendências.
Renata Cerqueira

Monitoramento de Marcas e Conversações: alguns pontos para discussão.
Tarcízio Silva

Redes sociais e inteligência de mercado.
Henrique Puccini

 

 

Educação e mídias sociais > Terça 23/11/2010

Mídias sociais e educação: foco na informação e na interação.
Mirna Tonus e Marlon Costa

Redes Sociais e Aprendizagem Informal: empregando as perspectivas dos sites de redes sociais para compreender a aprendizagem informal.
Ana Terse Soares

 

 

Novas Midias > Terça 30/11/2010

Sociogeolocalização no Marketing Digital: o caso Foursquare.
Marcel Ayres

Branding Transmídia.
Marcela Costa

 

 

Economia > Terça 09/12/2010

Modelos de negócio nas mídias sociais: Todos os holofotes são para os usuários.
Danila Dourado

Coletivos Criativos e Voluntariado: novas abordagens de mídia e inovação na era dos Prosumers.
Gilber Machado

 

 

Ambiente Corporativo > Terça 14/12/2010

Comunicação organizacional em tempos de mídias sociais.
Carol Terra

Redes sociais corporativas: as possibilidades de relacionamento e gestão de conhecimento na web.
Mariana Oliveira